São duas as áreas de intervenção da PLB:



A Academia!

• É pormenorizadamente desenhada com o objectivo de dotar os formandos dos nossos clientes de um conjunto de competências de nível comum.

• Com o objectivo global de criar, em cada formando, uma consciência similar às particularidades inerentes à gestão do “seu negócio”, relembrando que, afinal, estamos a falar do negócio da empresa em termos globais..


Defendemos!

A criação de uma consciência colectiva para alguns dos temas mais importantes da gestão actual, como sejam, entre outros:

• Gestão do tempo e suas implicações.

• Gestão de conflitos.

• Liderança e Motivação de equipas e respectivas consequências.

• Gestão da Mudança e de Expectativas.

• A importância da Qualidade e seus benefícios.


Objectivos da Formação!

A Academia desenvolve-se para responder aos seguintes objectivos genéricos:

• Permitir a todos os colaboradores, em posições chave, falar a mesma linguagem.

• Entender a importância da função de cada um, e de todos, para os resultados globais da organização.

• Reconhecer a importância da acção de cada um no desenvolvimento dos níveis de motivação das suas equipas.

• Conhecer as técnicas mais eficazes de comunicação, aos mais diversos níveis, para melhorar a interacção com os clientes e potenciar os resultados da organização.

• Potenciar, ou melhorar, a adesão às práticas comuns em áreas fulcrais como: Gestão de Tempo, Gestão de Conflitos, Técnicas de Liderança e de Motivação de Equipas, Delegação e Gestão de Expectativas.

• Adequar a gestão aos objectivos estratégicos e comportamentais criando uma visão única e transversal.

• Aperfeiçoar os conceitos de gestão: de pessoas e de negócios, aumentando a noção de todos, e de cada um, para os aspectos estratégicos, relevantes e estruturantes.

• Melhorar a produtividade global, como resultado de uma consciência corporativa identicamente interpretada por todos.

• Reforçar o espírito de equipa e melhorar os elementos fundamentais à gestão pro-activa e dinâmica de equipas.

• Garantir um entendimento global e colectivo das necessidades e importância da adesão a códigos comportamentais, e da qualidade, comuns, com reflexos imediatos no diálogo entre os elementos da empresa, na produtividade e no bem estar dos colaboradores.